Como se faz uma nova economia

ALÉM DOS NÚMEROS

O papa convoca os jovens para pensarem em um olhar mais humano para essa área, que valorize as pessoas e cuide do ambiente. Empreendedores no Brasil já fazem essa experiência.

CAPAEconomia / Sociedade

Cidade Nova

Novembro 2020

LXII Nº 655

Folhear esta edição

Uma Igreja clarificada pela Unidade

A Espiritualidade da Unidade é vivida em sintonia com os outros carismas presentes na Igreja Católica. Sacerdotes, religiosos e religiosas sentem que o Carisma da Unidade potencializa seus próprios carismas e os faz amar ainda mais a própria família religiosa.

CENTENÁRIO DE CHIARAEspiritualidade / Mov. Focolare

Edificar a convivência entre diferentes

Para introduzir a leitura da recente Carta Encíclica Fratelli tutti, do papa Francisco, propomos parte de um artigo publicado na revista Ekklesía. Trata-se de um comentário a partir das ciências sociais a respeito do Documento sobre a fraternidade humana em prol da paz mundial e da convivência comum, assinado pelo papa e pelo grão imame de al-Azhar, Ahmed al-Tayyeb, em Abu Dhabi, em 2019.

CHAVE DE LEITURASociedade / Espiritualidade


A pessoa no centro da economia

Uma economia que, na liberdade, favorece a comunhão entre as pessoas, empresas, grupos e Estados segue no caminho contrário. E isso é cristianismo, não ideologia, adverte o papa. Está lá nos Atos dos Apóstolos, a propósito. Também não se confunde com filantropia ou assistencialismo, práticas que, embora necessárias em certas situações e por certo tempo, são insuficientes para se promover a justiça social. Ou, em outras palavras, para permitir a construção da fraternidade universal, pela qual todos somos de fato irmãos, nos vemos e vivemos como tal, porque a dignidade de cada um é efetivamente respeitada. Ao contrário, não há dignidade humana salvaguardada quando milhões de pessoas vivem em condições de miséria.

PONTO DE VISTAEconomia / Sociedade

A vocação de seguir Jesus

A vocação não é algo acidental, mas substancial, toca o ser humano no seu íntimo, uma espécie de nova criação. Quando alguém responde ao amor de Deus, que o chama a amar, acontece como um ato esponsal entre os dois. É um dom total. Pode ser que às vezes, por parte do ser humano, falte a fidelidade. Pedro renegou o Mestre, e os outros discípulos o abandonaram na sua paixão. O chamado não implica uma perfeição completamente alcançada; ao contrário, exige a correspondência diária e, se necessário, recomeçar, pois é um processo dinâmico.

ARTE DE AMAREspiritualidade / Teologia


Aluno-repórter é destaque na formação de estudantes do Pará

PROTAGONISTASComunicação / Educação

Caminhar por uma via de santidade coletiva

ABRE ASPASEspiritualidade / Mov. Focolare

Chamados à fraternidade universal

IGREJASociedade / Teologia

Demência: é possível prevenir?

PSICOLOGIASaúde / Comportamento

É possível resolver o problema da fome no mundo

UM FATO, UMA PERGUNTASociedade / Ética

Economia de Francisco

ECONOMIA DE COMUNHÃOEconomia / Eventos

Eles não usavam a caneta vermelha

EDUCAÇÃOComportamento / Educação

Mudar o olhar para mudar a realidade

INTERNACIONALEconomia / Sustentabilidade

O Dilema das Redes

TECNOLOGIAComportamento / Tecnologia

Olhares

CRÔNICAArte / Comportamento

Outro olhar

OUTRO OLHARSociedade

Pepê & Jotabê

PEPÊ & JOTABÊArte / Filosofia

Política como portadora da fraternidade

TOP 3Religião / Política

Política, cidadania e fraternidade

ENTREVISTASociedade / Política

Repartir o pão

COMUNIDADESSociedade / Mov. Focolare

Sobre o futuro

EQUILÍBRIOComportamento

Tinta

DOIS MINUTOS E MEIO ATÉ AS NUVENSArte / Filosofia

Vocação política: será que todo mundo tem?

BRASILSociedade / Política

Novembro / 2020Edição 655    Todas as edições
Edição seguinte